[vc_row][vc_column][vc_column_text]Cuidar da saúde é mais simples do que se imagina: é preciso adequar a alimentação, mudar hábitos, praticar atividade física. Pode não parecer novidade, mas muita gente ainda não entrou nesse estilo de vida, com foco no bem-estar e em mais qualidade de vida.

Fácil não é, mas mudar trará muitos benefícios a sua saúde. Rodrigo Polesso, especialista em nutrição e criador do programa online Código Emagrecer De Vez, listou 10 dicas para e ajudar nesse processo.

1– Foque no objetivo final:

Polesso ensina que o ideal é estar focado na tendência dos resultados e não nos resultados pontuais de cada dia ou semana. “Lembre-se que você está no jogo para ganhar, e não se ganha esse jogo em apenas uma semana”, incentiva.

2- Não leve a balança tão a sério:

A balança, que mede o peso bruto, se tornou um medidor único do emagrecimento, mas não deveria ser assim. As mudanças no corpo e na mente, na disposição e no dia a dia são as melhores medidas. “Tire algumas medidas do seu corpo e considere esse um método mais eficiente e eficaz para se medir o progresso”, conta.

3- Assuma a responsabilidade da sua decisão de emagrecer:

 “Entenda o que é preciso e siga adiante, e não culpe nada nem ninguém caso se desvie do caminho em algum momento”, aponta.

4- Tenha a cabeça aberta para mudanças:

É preciso se esforçar para mudar. “Para se obter resultados diferentes, precisamos fazer coisas diferentes. Muitas vezes, para conseguir um grande retorno, é preciso consumir alimentos com sabores um pouco diferentes da alimentação rica em açúcar e produtos industrializados à qual a maioria se acostumou”, explica.

5- Não se compare a outras pessoas:

 “Compare o seu progresso com o seu progresso apenas, pois é possível que até mesmo inconscientemente você se compare ao que acontece com os outros”, explica.

6- Fique perto de pessoas com os mesmos objetivos que você:

Polesso explica que, infelizmente, algumas pessoas vão duvidar da sua capacidade de emagrecer, ou incentivar o consumo de alimentos que só atrapalharão o alcance dos objetivos. “Rodeie-se de pessoas com o mesmo objetivo, ou de pessoas que te deem forças para seguir em frente”.

7- Experimente novos sabores:

Como a maioria das pessoas está acostumada a sabores artificiais, é preciso livrar-se do “vício” causado por eles. “Quando você faz isso com vontade, é simplesmente delicioso realçar as papilas gustativas e explorar os verdadeiros sabores do mundo”.

8- Dê preferência aos alimentos naturais:

“A natureza já fez o trabalho por nós e preparou os alimentos do jeito perfeito para consumirmos”, explica Polesso. Segundo o especialista, os grandes problemas de alimentação começaram a ocorrer no mundo quando o ser humano começou a processar e refinar estes alimentos.

9- Preocupe-se com a qualidade e não a quantidade:

Se o metabolismo e os hormônios estão em ordem, não há necessidade em focar no consumo de poucas calorias. “Você terá muito mais tendência a perder peso, mantê-lo depois e não acumular gordura corporal em excesso”, completa.

10 – Sinta prazer em se alimentar:

Por fim, o especialista destaca a importância de lidar com a alimentação de forma prazerosa e leve. “Precisamos nos alimentar para viver, então precisamos ter prazer e aproveitar o momento com calma”, explica, destacando que a comida não deve ser um vício ou algo para depositar angústias e problemas.

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]